Tribulus Terrestris

31.jan.2020

O que é Tribulus terrestris?

Tribulus terrestris ou Videira da punctura, (se quiser, clique no link e veja o vídeo), nos promete algumas coisas, entre melhora de ganho de massa muscular, libido e humor. Neste post vamos discutir o nível de segurança, de efetividade, qual dosagem deve ser utilizada, ou seja, tudo sobre Tribulus terrestris.

Afinal de contas, é algo que funciona ou não? Eu já acompanhei alunos que tomaram Tribulus terrestris, e sim, é mais do que isso. Eu acompanhei os marcadores, os exames de testosterona. Então eu posso te dizer exatamente o que acontece, fica comigo até o final desse post.

Pessoal, sempre lembrando que se você quer ter um ganho seco, um ganho bruto, uma queima de gordura, você pode contar com a minha ajuda. É só acessar leandrotwin.com.br

A história da Tribulus terrestris

O Tribulus terrestris é utilizado desde a década de 70 na Europa, mas na cultura chinesa, há séculos é utilizado esse fitoterápico. De nada adianta você ter um Tribulus terrestris se ele é de baixa saponina. Então, a saponina esteroidal é o carro-chefe da eficiência do Tribulus, então se você tem um Tribulus com 20% de saponina, e outro com 50% de saponina, saiba de que os 50% vai ser infinitamente melhor. Então sempre busque algo que tenha um percentual de saponina esteroidal alto, sendo que um valor mínimo de 40%. Abaixo de 40%, não perca o seu tempo investindo nisso.

A propaganda vai nos dizer que o Tribulus terrestris é como se fosse um esteroide anabolizante sem efeitos colaterais, numa proporção menor, isso não é verdade, isso não procede e temos que explicar já daí.

Se você compra ele achando de que você se deu bem, que você vai ter um resultado igual ao de um esteroide anabolizante, esqueça. Tanto é que não tem colateral, normalmente o que não tem colateral passa longe do esteroide anabolizante.

Tribulus terrestris é igual testosterona?

Não, ele não é testosterona, porém, na nossa hipófise, que fica localizada no cérebro, existe um hormônio chamado hormônio luteinizante (LH é a abreviação dele).

Esse hormônio luteinizante é como se fosse um fiscal, então ele fica olhando a corrente sanguínea, e vai contando quantas ‘’testosteronas’’ passam ali. Quando ele vê que faltam “testosteronas” ele manda um aviso para a parte inferior do eixo, e fala assim: “Testículos, precisamos de maior produção de testosterona, porque parece que esta faltando”. E então, acontece uma maior produção.

Ou seja: Quanto mais LH você tem, mais sinalização ele faz para a parte de baixo produzir mais testosterona.

Quando que meu corpo produz mais LH?

Quando a sua testosterona está baixa, porque ela funciona por um mecanismo chamado de “feedback”, ou seja, ele vai olhar e vai responder de acordo com o seu corpo.

“Então quer dizer que para aumentar o meu LH eu zero a minha testosterona, mas aí não me parece fazer muito sentido”. Mas é exatamente isso, por isso que você percebe o LH elevado depois de um ciclo de esteroides anabolizantes, porque justamente a testosterona está baixa. Por que o corpo vai produzir tanto hormônio sexual masculino, se já tem mais do que o suficiente? É aí que para tudo nas gônodas para que não produza mais testosterona. E é assim que a produção de testosterona natural zera.

Você não sente nenhum efeito, porque você está sendo induzido, porque você está tomando testosterona de fora. E por que eu estou falando tudo isso? Porque justamente o Tribulus terrestris tem uma eficiência no LH, então ele tende a deixar o LH mais aceso e com isso, automaticamente, você tem maior produção de testosterona.

Vale a pena tomar Tribulus terrestris?

Apesar do LH também na mulher ter influência na progesterona, ela também se beneficia com esse aumento da testosterona. Portanto homens e mulheres se beneficiam. Porque é muito comum os meus alunos virem perguntar: “Vale a pena tomar Tribulus para aumentar a testosterona?”. E é aí que tá o lance, e a resposta é: não, porque quando você pega dois exames, antes e depois (em diversas situações às quais eu já atendi diversos alunos), a gente observa algumas coisas que eu preciso compartilhar com vocês.

Tribulus e testosterona

A primeira coisa: quando a gente trabalha com o indivíduo com testosterona baixa, ele mostra um aumento, sim com o Tribulus Terrestris. Você vai pegar o indivíduo ali, que tá com seus 150 ng/dl de testosterona, sendo que o normal ali da idade dele deveria ser 500 ng/dl. Porém ele já tem um histórico de vir com 300, 400 e agora parece que caiu radicalmente…

Quando você coloca o Tribulus Terrestris neste indivíduo, ele normalmente, dentro de três meses, volta a sua testosterona de forma normal, e lógico, com boas condutas de atividades físicas e dieta.

Se você manter as boas condutas, o corpo tende a sustentar este nível. Então, usado como um tratamento, parece muito bom.

Já quando você pega um indivíduo que está com a testosterona normal, por exemplo, ele tem 400 ng/dl e adiciona a Tribulus terrestris, o que vai acontecer é de ter um aumento mais ou menos ali de 400 para 430, 420, ou seja, um aumento de quase 10%.

Mas são só 20 ou 30 nanogramas por decilitro, isso não tem efeito estético, até porquê de testosterona total nem livre é, portanto a utilização do Tribulus terrestris para efeitos estéticos não é relevante, mas para efeitos de libido, o Tribulus é muito eficiente em homens e em mulheres, porque além de aumentar a produção de testosterona em quem tiver baixa, tem grande relevância para a libido.

Ele também promove uma vasodilatação na região genital, que produz um efeito de ereção mais facilitada. Ainda que para isso a gente tenha outras coisas mais eficientes, como ioimbina, por exemplo.

Outros benefícios da Tribulus terrestris

Existem outros benefícios da Tribulus terrestris, que quem estuda a planta acaba citando, como por exemplo:

Diminuição da hipertensão arterial: onde na minha experiência foi nulo o efeito, mas pode ser explicado, porque ela é levemente diurética, a qual também é muito complicado, porque quem costuma consumir Tribulus não observa grandes diferenças em diurese de forma relevante, como por exemplo um chá verde e coisas desse tipo.

Estimulação de fígado e regulação de glicose: também tem coisas mais eficientes, não se mostrou com grande impacto.

Diminuição do cansaço e manutenção do colesterol: não. O cansaço vai vir se a testosterona da pessoa é muito baixa. Então, realmente, se ela tá baixa e volta para sua normalidade, ela experimenta essa melhora, mas não é o caso de quem já tem uma testosterona boa, melhorar a sua disposição com Tribulus Terrestris.

Mostra-se eficiente também numa contagem de espermograma. Então para a fertilidade o Tribulus Terrestris parece bem legal também, porque ele também trabalha com o FSH, o hormônio folículo estimulante. Portanto, é como se fosse o hormônio luteinizante (que eu expliquei de sinalizar no começo do texto), mas ele vai controlar a fertilidade, então ele dá um estimulada e isso é bem-vindo.

Efeitos colaterais da Tribulus terrestris

Foi observado num estudo de longo prazo alguns efeitos colaterais com o Tribulus Terrestris. Efeitos colaterais estes muito modestos, e só em doses grandes e por tempos indeterminados, e justamente se deu por esse aumento da testosterona.

Analisando isso na prática, mesmo com os usuários prolongados, por exemplo, foi observado um dano prostático. Então dano prostáticos você já se interessa. Aí você fala “Ah, por que?” Porque se fez mal pra próstata, se teve colateral, é porque a testo subiu pra caramba.

Até parece fazer sentido, mas isso na prática quando você vai observar o PSA total da pessoa fica muito bom, não tem absolutamente nenhum impacto. Então, tem que tomar cuidado, porque pode ser que alguns desses estudos sejam induzidos pra que tenham esses efeitos. “Opa, se fez mal, pode liberar que é bom”. Mais ou menos nesse sentido. Então, na prática, não observei nenhuma diferença em ginecomastia.

Mesmo assim é contra indicado em quem tem problema cardíaco, quem tem histórico de problemas na próstata na família, etc. Estimo que é um sensacionalismo barato.

Como tomar Tribulus terrestris

A dosagem do Tribulus Terrestris, tanto para o homem quanto para mulher, vai permear em mais ou menos de 1 a 3 gramas, sempre buscando saponinas acima de 40%, sendo que o máximo que você vai encontrar é em torno de 80%.

Tribulus terrestre é bom?

Então, o veredito é: Se tem testo baixa, pode usar Tribulus que melhora. Tem testo normal: inútil. Tem libido “ok”: pode utilizar o Tribulus que ainda gera uma melhora, mesmo a sua testo sendo normal, mas nesse caso com efeito estético irrelevante.

Portanto, funciona tanto em homens quanto em mulheres, a indicação é que tome-se em ciclos, mas eu já vi uso constante sem nenhum tipo de problema.

Tribulus terrestre para TPC

Numa TPC pode ser uma ferramenta boazinha, assim como a Turkesterone, que pode segurar a libido e ajudar um pouquinho a aumentar a testosterona de forma mais rápida. Mas não, e definitivamente não, deve ser utilizado como carro chefe de uma TPC.

Vejo bastante gente tomando Oxandrolona e fazendo uso do Tribulus como TPC, só ele. Não existe nenhuma confiança, não existe eficiência nisso, não é legal.

É interessante na maioria dos casos a utilização de um medicamento SERMs como o Citrato de Tamoxifeno ou o Clomifeno, que vão ser extremamente mais efetivos. Mas não dá nem pra comparar! Não dá nem pra começar a conversar com o Tribulus Terrestris, porque são medicamentos obviamente com colaterais, as quais vão gerar um resultado muito maior que o aumento de testosterona.

E eu não estou colocando eles aqui para tentar converter você está pensando em tomar Tribulus comprar uma cartela de Tamoxifeno. Não é pra isso. Só estou dizendo no caso de uma TPC.

Espero que tenha sido de alguma ajuda, grande abraç, Leandro Twin.

Mais temas:

Primeiro Ciclo De Esteroides Anabolizantes

Como Ganhar Massa Muscular Natural

Aeróbico – Antes ou Depois do Treino?

[ Leia também ]



[ ver todas ]